Vesíula

5 cuidados após a retirada da vesícula

A vesícula biliar é um pequeno órgão que tem como função o armazenamento da bile. Contudo, quando é acometida por algum problema, pode ser necessário removê-la. Embora seja possível levar uma vida normal sem ela, é preciso adotar alguns cuidados no pós-operatório.

Quer saber mais sobre eles? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito do assunto. Ficou interessado? Continue a leitura.

1 – Cuidados com o curativo

O corte resultante da cirurgia é chamado de ferida operatória. Para protegê-la, o paciente sairá do hospital com um curativo, que também previne contra infecções e absorve as secreções. Nos primeiros dois dias, ele deverá ficar fechado.

Após esse período, o curativo deve ser trocado diariamente ou sempre que estiver sujo. Para isso, o paciente precisa retornar ao consultório médico para que a equipe médica faça a limpeza com soro fisiológico e coloque um novo curativo.

Além disso, na hora de tomar banho, é preciso ter cuidado para não molhar o curativo, protegendo com saco plástico. Assim, irá evitar a contaminação da ferida operatória, impedindo a ocorrência de complicações.

2 – Tenha uma alimentação equilibrada

Os cuidados com a alimentação são fundamentais no período de recuperação pós-operatória. Independente da técnica utilizada, o paciente precisa manter uma alimentação mais leve. Isso porque, o processo de digestão é alterado em função da retirada do órgão.

Neste sentido, o paciente precisa dar preferência aos seguintes alimentos: frutas, legumes cozidos, carnes magras (frango, peru e peixe), grãos integrais (arroz e aveia), iogurtes e leites desnatados, e queijos brancos (cottage, ricotas e minas).

Ao implementar essas mudanças na alimentação, será possível reduzir as dores e o desconforto físico, contribuindo para a rápida adaptação do organismo à retirada da vesícula. Além disso, nas primeiras semanas do pós-operatório, é normal que o intestino fique preguiçoso.

3 – Repouso

Além da necessidade de se abster de atividades físicas mais intensas, o paciente precisa evitar permanecer por muito tempo sentado ou deitado. Assim, recomenda-se que realize pequenas caminhadas durante o dia.

Isso porque, ao movimentar o corpo, aceleramos a recuperação do organismo, evitando complicações respiratórias que costumam surgir no pós-operatório da maioria das cirurgias.

4 – Evite esforços físicos

Nas primeiras semanas após o procedimento cirúrgico, evite realizar esforços físicos e levantar pesos excessivos. Caso contrário, pode prejudicar a cicatrização completa da ferida operatória. Porém, o paciente já pode voltar a dirigir depois de três ou quatros dias.

5 – Procurar o médico

Em alguns casos, mesmo adotando os cuidados necessários, o paciente pode sofrer com dores no pós-operatório. Para essas situações, é comum que o médico já tenha prescrito o uso de analgésicos.

Porém, existem situações em que o retorno ao médico deve ocorrer o quanto antes, como, por exemplo, na síndrome pós-colecistectomia. Essa condição se manifesta através de cólicas, diarreia, gases, náusea e vômitos.

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre os cuidados necessários após a retirada da vesícula. Portanto, caso tenha alguma dúvida sobre o pós-operatório deste procedimento, converse com seu médico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp