cirurgia bariátrica

Quando a cirurgia bariátrica é indicada?

A obesidade é o principal problema de saúde pública no mundo. De acordo com a ABESO (Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), o número de obesos na população mundial chegará a 700 milhões em 2025. Embora existam outras alternativas eficazes e não invasivas de evitar/tratar essa doença, a cirurgia bariátrica pode ser o método mais indicado.

Neste post, explicaremos mais sobre o procedimento e os requisitos que são exigidos para ser considerado apto a realizá-lo.

O que é a cirurgia bariátrica?

Trata-se de um procedimento no qual o sistema digestivo do paciente é alterado com a proposta de diminuir a capacidade do estômago e, consequentemente, o volume de comida ingerida por ele.

A cirurgia bariátrica tem por finalidade a diminuição do tamanho do estômago e, consequentemente, a redução do peso. Indicada principalmente para pacientes obesos ou portadores de doenças que foram agravadas pela obesidade.

Ademais, a gastroplastia, como também é chamada, pode ser realizada através de diferentes técnicas. Os métodos mais utilizados são os seguintes:

  • banda gástrica: é a técnica menos invasiva e consiste na colocação de um anel ao redor do estômago a fim de reduzir seu tamanho. Embora ofereça menos riscos de complicações, produz resultados menos satisfatórios;
  • bypass gástrico: é a cirurgia em que se retira um pedaço do estômago, que depois é conectado ao início do intestino, diminuindo sua capacidade. Essa técnica permite a perda de até 70% do peso;
  • gastrectomia vertical (sleeve): a ligação entre estômago e intestino é preservada, realizando apenas a remoção de parte do estômago;
  • derivação biliopancreática: além de retirar um pedaço do estômago, o intestino delgado também é reduzido. Assim, diminui-se a capacidade de ingestão e de absorção de calorias.

Quando o procedimento é indicado?

A cirurgia bariátrica é indicada para o tratamento da obesidade mórbida ou grave e para pacientes que tenham o Índice de Massa Corporal (IMC) maior ou igual a 40, ou, maior ou igual a 35, quando existem comorbidades. Outros requisitos são:

  • idade mínima de 18 e máxima de 65 anos. Os menores de 16 anos somente em casos de síndrome genética ou por recomendação da equipe médica e com autorização do responsável legal;
  • acima de 65 anos apenas com a avaliação do risco cirúrgico, da presença de comorbidades, expectativa de vida e identificação dos benefícios que o emagrecimento trará;
  • ter o mesmo IMC e as comorbidades de alto risco há, no mínimo, dois anos;
  • realização de outros tratamentos convencionais que não apresentaram resultados;
  • insucesso ou recidiva do aumento de peso, após diversas tentativas de emagrecer.

Como é o pré e o pós-operatório da cirurgia bariátrica?

A primeira etapa do pré-operatório é a avaliação com o cirurgião. Nessa fase, ele verifica se você possui o estado de saúde necessário para realizar ou não o procedimento. Em seguida, será preciso realizar alguns exames complementares.

Passada estas etapas, chega o momento de ser avaliado por uma equipe multidisciplinar. Depois de receber o aval dos profissionais, será agendada a cirurgia e você precisará iniciar uma dieta pra reduzir o tamanho do fígado e o excesso de gordura abdominal.

O sucesso da cirurgia bariátrica depende da disciplina do paciente. Depois do procedimento, será necessário iniciar uma alimentação diferenciada, começando pela dieta líquida e avançando gradualmente até retornar a alimentação sólida. 

Outrossim, será prescrita a suplementação vitamínica após a quarta semana da cirurgia. O acompanhamento psicológico é imprescindível tanto antes quanto depois da cirurgia. A compulsão alimentar se inicia na mente do paciente, por isso, é preciso que haja uma transformação nessa maneira de pensar. 

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre a cirurgia bariátrica e os critérios que precisam ser cumpridos para ser considerado apto a realizá-la. Portanto, caso se enquadre nessas características, converse com seu médico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp