fígado

A importância do fígado para o organismo

Todos os órgãos têm a sua importância para a manutenção do bom funcionamento do corpo. No entanto, alguns deles se destacam em razão das funções essenciais que desempenham. Esse é o caso, por exemplo, do fígado.

Você sabe como esse órgão funciona? Caso não, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa conhecer sobre a importância desse órgão para o organismo.

O que é o fígado?

Trata-se de um órgão considerado vital. Ou seja, sem ele, não sobrevivemos. Além disso, o fígado é a maior glândula do corpo e desempenha centenas de funções imprescindíveis para a nossa saúde.

No que diz respeito às características, esse órgão tem o peso médio de 1,5 quilos, 17 cm de altura e 20 cm de diâmetro, e está localizado no quadrante superior da cavidade abdominal, na área abaixo do diafragma.

Outrossim, o fígado é reconhecido pela sua capacidade de se regenerar, podendo até ser parcialmente doado em vida. Esse processo regenerativo ocorre em razão da proliferação das células que o compõem, permitindo que ele retorne ao seu tamanho original.

Por outro lado, pode ser acometido por uma série de doenças graves, tais como, hepatite, cirrose e excesso de gordura. A especialidade médica responsável pelo tratamento desses quadros é o hepatologista.

Quais são as funções do fígado?

O fígado desempenha funções importantes para o organismo. Um dos fatores que justificam essa importância é que esse órgão é considerado uma conexão entre o sistema digestório e o sangue.

Isso porque é o local, no trato digestivo, onde os nutrientes são absorvidos, processados, armazenados e, posteriormente, liberados para outros órgãos. A seguir, listamos algumas das tarefas mais essenciais executadas pelo fígado:

Metabolização dos nutrientes

A digestão é um processo que consiste na quebra dos nutrientes em moléculas menores, permitindo que sejam absorvidas pelos intestinos e depois liberadas no sangue. Toda substância ingerida precisa passar pelo fígado para chegar ao resto do organismo.

Além disso, é este órgão que controla a quantidade de nutrientes que serão distribuídos para o resto do corpo. O colesterol, por exemplo, é resultado da quebra das moléculas de gordura e é essencial para a produção das células.

Armazenamento e liberação de glicose

Outra função do fígado é a de controlar o excesso de glicose na corrente sanguínea. Para isso, a armazena como glicogênio, mantendo a glicemia entre as refeições. Caso seja necessário, essa substância pode ser novamente convertida em glicose e enviada ao sangue.

Produção de proteínas

O fígado também produz grande parte das proteínas encontradas no sangue. A albumina, por exemplo, é responsável pela regulação do volume sanguíneo e atua no transporte de várias outras substâncias para o corpo. Outros exemplos de proteínas produzidas por esse órgão são: transferrina e fibrinogênio. 

Então, conseguiu perceber a importância do fígado para o organismo? Dessa forma, procure adotar as medidas necessárias para mantê-lo em pleno funcionamento. Para isso, converse com seu médico e descubra o que precisa fazer.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp