Hérnia

Hérnia: principais tipos

As hérnias são uma condição caracterizada pelo abaulamento de um órgão para fora da cavidade abdominal. Existem diferentes tipos de hérnia, variando de acordo com a localização em que ocorrem. 

Você conhece os principais tipos de hérnias? Caso não, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos um pouco mais sobre cada uma delas. Ficou interessado? Então, continue a leitura.

1) Hérnia Inguinal

Trata-se de um tipo de hérnia que se caracteriza pelo escape parcial de uma parte do intestino através de uma fraqueza na parede abdominal. Isso forma uma protuberância na região da virilha (inguinal) ou no saco escrotal.

Ainda, a hérnia inguinal pode ser indireta e direta. No primeiro caso, ocorre quando a hérnia se forma pela passagem da alça intestinal para a parte interna da bolsa escrotal. Esse é a forma mais comum e pode acometer bebês prematuros.

Já a direta é exclusiva do público masculino e surge quando uma região da parede abdominal está enfraquecida e se rompe, causando a penetração de parte do intestino na bolsa escrotal. Em casos graves, o intestino fica estrangulado na abertura abdominal e gangrena.

2) Epigástrica

Trata-se de um tipo de hérnia que se caracteriza por uma espécie de buraco que surge na parede abdominal. Com isso, há o escape de tecidos ou de parte do intestino por essa abertura.

Geralmente a hérnia epigástrica está presente desde o nascimento, mas nem sempre exige tratamento, pois, à medida que a criança cresce, a abertura cicatriza e os músculos abdominais se fortalecem.

Ademais, a hérnia epigástrica é mais recorrente em pacientes do sexo masculino, principalmente entre 20 e 50 anos. Porém, é de baixa incidência, sendo responsável por apenas 10% dos casos de hérnia.

3) Umbilical

A hérnia umbilical é a forma de manifestação mais comum em crianças, sendo percebida na região do umbigo. Geralmente, a condição desaparece espontaneamente a partir do desenvolvimento da criança. 

Ainda, este tipo de hérnia costuma ocorrer durante a gravidez, quando os músculos abdominais do bebê não se fecham completamente. Essa fraqueza muscular pode fazer com que o tecido abdominal rompa o umbigo. 

4) Hérnia de Hiato

Trata-se de um tipo em que há o deslocamento do estômago por meio de uma abertura na qual o esôfago atravessa o diafragma para penetrar na cavidade abdominal. Existem dois principais subtipos dessa hérnia: de rolamento (paraesofágica) e por deslizamento. 

No primeiro caso, a porção que une os dois órgãos permanece abaixo do diafragma, mas parte do estômago extravasa pela abertura. Já no segundo subtipo, a região onde ocorre a reunião entre esôfago e estômago se projeta para cima do diafragma. 

Ainda, entre as causas mais comuns de hérnia de hiato estão o afrouxamento da musculatura ou alargamento da abertura. Ainda não se sabe o que motiva essas condições, mas acredita-se que há uma relação com a idade, obesidade e/ou tabagismo.

Enfim, como você pode perceber, as hérnias podem se manifestar de diferentes formas, mas todas estão relacionadas com o enfraquecimento da musculatura abdominal. Assim, caso suspeite de algo, procure um médico para ser avaliado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp