hérnia de hiato

Como é o tratamento da hérnia de hiato?

O estômago está localizado abaixo do diafragma, na cavidade abdominal. A hérnia de hiato é um quadro que se caracteriza pelo deslizamento de uma porção do estômago para o tórax, através do hiato do diafragma.

Você já ouviu falar nessa doença? Conhece as principais formas de tratamento? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O que é a hérnia de hiato?

Trata-se de uma condição que se caracteriza pelo mau posicionamento do estômago e do esôfago. Geralmente, essa hérnia pode conter estômago, intestino delgado, cólon, grande epíplon, entre outros. 

Ainda, o tórax e a cavidade abdominal têm uma separação interna, sendo feita pelo músculo diafragma e conta com uma abertura para a passagem do esôfago, que é chamada de hiato, ou hiato esofagiano.

Ademais, a hérnia de hiato pode se manifestar de dois tipos diferentes: por deslizamento ou paraesofágica. No primeiro caso, a área onde o esôfago se conecta ao estômago se projeta para cima dele. Além disso, uma pequena parte do estômago passa pelo hiato ficando sobre o diafragma.

Já na hérnia de hiato paraesofágica, a porção que faz a junção entre o estômago e o esôfago continua abaixo do diafragma, mas uma parte do estômago extravasa pelo hiato. Com isso, acaba se posicionando em cima do músculo, logo ao lado do esôfago.

Como é o tratamento?

O primeiro passo para o tratamento da hérnia de hiato é controlar os sintomas. Para isso, o médico poderá prescrever medicamentos antiácidos para reduzir a quantidade de ácidos produzidos pelo estômago.

Quando as hérnias são pequenas e assintomáticas, não necessitam de qualquer tratamento. No entanto, a depender do seu volume e do risco de complicações, a cirurgia se torna imprescindível. 

Ainda, uma cirurgia de hérnia de hiato é um procedimento que, predominantemente, é feito por laparoscopia. Dessa forma, reduz a dor sentida pelo paciente, diminui o tempo de internação e acelera a recuperação.

O objetivo da cirurgia é recolocar os órgãos herniados dentro do abdômen, suturar o defeito do hiato e realizar uma manobra para prevenir o refluxo gastroesofágico. A intervenção exige anestesia geral e é feita a partir de pequenas incisões entre a região do estômago e do esôfago.

Além disso, o paciente também precisa mudar seus hábitos, seguindo as orientações médicas, tais como, manter a cabeça elevada ao dormir, evitar o cigarro e o álcool, não se deitar ou exercitar-se após as refeições, evitar bebidas com cafeína e manter um peso corporal saudável.

Possíveis complicações

A cirurgia para correção da hérnia de hiato é bastante segura, principalmente quando realizada por laparoscopia. Contudo, assim como qualquer procedimento cirúrgico, existem riscos de complicações para o paciente.

Nesse caso, os problemas mais comuns são sangramento, trombose nos membros inferiores, infecção no local do corte ou trauma nos órgãos adjacentes ao estômago. A anestesia geral também pode trazer algum tipo de complicação.

Então, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre a hérnia de hiato e as principais opções de tratamentos. Portanto, caso sofra ou suspeite dessa condição, procure um médico para ser avaliado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp