fígado

Fígado: 4 doenças que podem acometer o órgão

O fígado é a maior glândula do corpo humano e desempenha diversas funções fundamentais para o organismo. Por outro lado, pode ser alvo de diferentes doenças, fazendo com que deixe de funcionar corretamente, provocando uma série de problemas.

Você conhece as doenças hepáticas mais comuns? Então, não deixe de ler este post. A seguir, explicaremos os principais pontos a respeito de cada uma dessas patologias. Ficou interessado? Então, continue a leitura.

Principais doenças do fígado:

1) Esteatose hepática

O acúmulo de gordura noórgão, esteatose hepática, é uma condição comum e pode surgir em decorrência de diversos fatores, tais como, obesidade, diabetes, colesterol e triglicerídes alto, e consumo abusivo de álcool.

No que se refere aos sintomas, a esteatose hepática tende a ser assintomática nos primeiros estágios. Contudo, com a ausência de tratamento e consequente evolução, o paciente pode apresentar dor no lado direito superior do abdômen, perda de peso, cansaço e mal-estar geral.

Ainda, o tratamento da gordura no local depende da sua causa. Quando é alcoólica, o paciente precisará abandonar o consumo de álcool. Quando não alcoólica, a prática regular de exercícios físicos e reeducação alimentar são etapas fundamentais.

2) Cirrose

A cirrose é uma inflamação crônica que acomete o órgão, ocasionando a formação de nódulos e tecido fibrótico no órgão, prejudicando o seu funcionamento. Geralmente, ocorre a partir da evolução de outras doenças, como a esteatose hepática.

Além disso, também pode se desenvolver devido ao consumo abusivo de álcool, infecções virais ou uso de determinados medicamentos. Embora não seja passível de cura, a cirrose pode ser tratada.

Para isso, o médico tende a indicar a necessidade de mudanças na alimentação e prescrever medicamentos para controlar alguns dos sintomas. Em casos graves ou quando o tratamento farmacológico não surtiu o efeito esperado, o transplante é a única medida eficaz.

3) Hepatites

O termo hepatite é utilizado para designar uma inflamação no fígado causada por doenças autoimunes, metabólicas, genéticas, uso de certos medicamentos, consumo excessivo de álcool, exposição a substâncias tóxicas e vírus.

Ainda, as hepatites virais são causadas pelos vírus A, B, C, D e E. Em função da ausência de sintomas, muitas pessoas possuem a doença sem saber. No entanto, o quadro pode evoluir e causar danos mais graves, como a cirrose e o câncer.

Ademais, o tratamento varia de acordo com o tipo de hepatite. De modo geral, o uso de determinados medicamentos é o padrão ouro para as doenças virais. A hospitalização só costuma ser necessária em casos de insuficiência hepática aguda.

4) Insuficiência do fígado

Trata-se da doença mais grave e se caracteriza pela incapacidade do órgão em realizar funções essenciais, como a eliminação de toxinas do corpo, metabolismo e a síntese de fatores de coagulação.

Ainda, a insuficiência hepática pode ser aguda ou crônica. No primeiro caso, ocorre de forma repentina, em pessoas saudáveis. Geralmente, é causada pelo vírus da hepatite ou pelo uso indevido de certos medicamentos.

Já a insuficiência crônica se caracteriza por sintomas que podem levar até anos para aparecer, mas o órgão é constantemente agredido pelo uso abusivo de álcool ou pela ausência de tratamento de uma hepatite, ou esteatose.

Ademais, o tratamento desta condição varia conforme a causa e o estágio da doença. O uso de medicamentos, a realização de alterações na dieta e o transplante de fígado são as principais medidas terapêuticas.

Enfim, essas são algumas das doenças que acometem o fígado com mais frequência. Dessa forma, para evitar complicações e o agravamento do quadro, é necessário buscar tratamento quanto antes. Portanto, procure um médico ao primeiro sinal de que há algo errado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Então, leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp