cirurgia bariátrica

Balão intragástrico X cirurgia bariátrica: qual a diferença?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é um dos mais graves problemas de saúde pública do mundo. Estima-se que até 2025, 700 milhões de indivíduos estejam obesos. Para tratar essa condição, existem algumas opções interessantes, como o balão intragástrico e a cirurgia bariátrica.

Porém, você sabe a diferença entre esses procedimentos? Tem interesse em conhecer mais sobre eles? Então, está no lugar certo. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito dessas alternativas de tratamento.

O que é o balão intragástrico?

Trata-se de uma técnica desenvolvida há muitos anos e que visa o combate à obesidade de forma menos invasiva. O balão intragástrico é um dispositivo de silicone cirúrgico que é introduzido no estômago.

O procedimento tem como objetivo a redução da capacidade do estômago, produzindo uma sensação de saciedade precoce. Dessa forma, o emagrecimento é uma consequência da menor ingestão de alimentos.

Ainda, o balão intragástrico pode permanecer até 12 meses no estômago, sem maiores riscos de complicações. Assim, é um procedimento simples, de fácil adaptação pelo organismo e que oferece excelentes resultados.

O que é a cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é um dos procedimentos mais eficazes no tratamento da obesidade mórbida ou grave. Porém, para realizá-la, o indivíduo precisa atender aos requisitos da resolução n.º 1942/2010 do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Assim, cumprindo esses critérios, são realizados diversos exames clínicos e laboratoriais, e consultas com diferentes especialistas. Ademais, a cirurgia de redução de estômago, como também é chamada, pode ser feita a partir das seguintes técnicas:

  • bypass gástrico: técnica que consiste em grampear o estômago do paciente, para reduzir a sua fome, e desviar o caminho do intestino, para fomentar o aumento na produção dos hormônios da saciedade;
  • gastrectomia vertical (sleeve): é o método que transforma o estômago em um tubo de, no máximo, 100 ml de volume, diminuindo em até 70% da sua capacidade;
  • derivação biliopancreática: é a associação do método sleeve com parte da técnica de bypass gástrico, reduzindo 85% do tamanho do estômago e desviando o caminho do intestino;
  • banda gástrica ajustável: consiste na inserção de um dispositivo de silicone no início do estômago, sendo conectado a um reservatório no qual é injetado água destilada para estreitar ainda mais o órgão ou para aliviá-lo.

Quais as diferenças entre as técnicas?

Diante da necessidade de perder peso, muitas pessoas buscam melhorar a alimentação. Porém, em casos mais severos, essa medida não é suficiente, exigindo um tratamento mais efetivo e invasivo, como a cirurgia bariátrica e o balão intragástrico.

Assim, a primeira diferença entre as técnicas é o público ao qual se destina. No caso da bariátrica, é indicada para pessoas com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 35 kg/m2. Já o balão intragástrico pode ser feito por pessoas com IMC acima de 25 kg/m2.

Além disso, os procedimentos se diferenciam pelas contraindicações. O balão intragástrico não pode ser colocado por pessoas com histórico de alcoolismo, distúrbios de coagulação, tumores estomacais, gravidez, lesões com potencial hemorrágico ou doenças hepáticas graves.

Por outro lado, a cirurgia bariátrica exige uma avaliação individual rigorosa, que pode contraindicar o paciente. De forma geral, não é indicada para usuários de drogas, gestantes, pessoas com instabilidade emocional, hérnia de hiato, varizes esofágicas, problemas cardiorrespiratórios severos e doenças digestivas inflamatórias.

Enfim, essas são as principais diferenças entre a cirurgia bariátrica e o balão intragástrico. Então, se tem interesse em um dos procedimentos, converse com seu médico para verificar se você atende aos requisitos necessários.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp