Balão Intragástrico

Balão Intragástrico: Vantagens X Desvantagens

O balão intragástrico é uma alternativa eficaz na redução de peso, sendo um método endoscópico que consiste na colocação de uma esfera de silicone no estômago.

Embora pouco conhecido, esse tratamento tem se mostrado eficiente. Contudo, existem desvantagens e vantagens. A seguir, explicaremos tudo sobre elas.

O que é o balão intragástrico?

Trata-se de uma cirurgia endoscópica, minimamente invasiva, que auxilia no controle e redução do peso corporal através da diminuição do volume estomacal disponível para o armazenamento de alimentos, proporcionando aumento da saciedade e a diminuição da fome.

Ainda, o balão intragástrico é uma prótese de silicone maleável que preenche parcialmente a cavidade gástrica. O tempo de permanência máxima deste dispositivo é de 6 meses e a sua remoção também é feita através da endoscopia.

Em suma, indica-se o tratamento para pacientes que precisam perder de 10 a 15 kg, com o diagnóstico de obesidade mórbida, grave ou moderada, com doenças associadas.

Por outro lado, não é viável para pacientes com hérnia hiatal volumosa, esofagite ou estenose esofágica, que sofram com alcoolismo ou que tenham realizado ressecção gástrica, tratamento com anticoagulantes, corticosteroides ou anti-inflamatórios.

Como ele é colocado no estômago?

Insere-se o balão gástrico vazio no estômago do paciente, através da cavidade oral, com o auxílio de um endoscópio. Uma microcâmera também transmite imagens em tempo real para o cirurgião.

Antes do procedimento, o paciente recebe um sedativo suave ou um anestésico. A inserção leva cerca de 5 minutos e o paciente retorna para casa no mesmo dia. Após o período determinado pelo médico, o balão gástrico é esvaziado e removido.

Quais as vantagens?

Assim como qualquer procedimento cirúrgico, este tratamento minimamente invasivo tem suas vantagens e desvantagens. No que se refere aos aspectos positivos, os principais são:

  • pode ser feito por pacientes que tenham o Índice de Massa Corporal (IMC) menor que o exigido nas cirurgias bariátricas;
  • oferece menor risco de complicações, pois é feito via endoscopia;
  • o dispositivo é de uso temporário e é possível reverter o procedimento a qualquer momento;
  • o paciente se recupera rapidamente e retorna para casa no mesmo dia;
  • não há a necessidade de internação;
  • tem custo mais acessível que a cirurgia bariátrica;
  • não exige a remoção ou corte de nenhum órgão;
  • pode ser feito mais de uma vez;
  • oferece uma perda média de até 20% do peso original.

E as desvantagens?

Em suma, as principais desvantagens do procedimento giram em torno de contraindicações para sua realização. Geralmente, estão relacionadas a doenças prévias do paciente e a execução de procedimentos anteriores.

No que se refere às complicações, pode provocar náuseas, vômitos e dor na barriga enquanto o organismo se adapta. Sendo assim, em casos raros, o balão pode romper e ir para o intestino, causando sua obstrução.

Enfim, o tratamento com o balão intragástrico é seguro, confiável e oferece excelentes resultados. Portanto, se você precisa perder peso e se encaixa no perfil considerado apto ao procedimento, converse com seu médico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Então, leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp