Intestine bacteria and gut flora or intestinal bacterium medical anatomy concept as a 3D illustration.

O que é microbiota intestinal?

“Você é o que você come!” Provavelmente, você já ouviu essa afirmação em algum momento. Embora essa relação pareça estranha, ela descreve uma situação que realmente acontece em nosso organismo, chamada de microbiota intestinal.

Você conhece esse termo? Sabe o que significa? Caso não, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Entenda o conceito de microbiota intestinal

Na história da humanidade, a obtenção de alimentos exigia grande esforço físico. Por isso, durante muitos anos, o excesso de peso corporal era percebido como um sinal de saúde e prosperidade.

Contudo, com a produção em escala industrial e a maior facilidade para o preparo das refeições, essa realidade foi completamente alterada. Em consequência do sedentarismo, surgiram diversos distúrbios metabólicos, como a obesidade e o diabetes.

Então, talvez você pergunte: qual a relação disso com a microbiota intestinal? As bactérias que habitam em nosso intestino têm grande influência no desenvolvimento dessas patologias. Por isso, é necessário estudar o funcionamento da flora intestinal.

Ainda, o termo microbiota intestinal refere-se às colônias de microrganismos presentes no trato gastrointestinal. A atuação conjunta de fungos, vírus e bactérias contribui para a manutenção da integridade da mucosa intestinal e para o controle da proliferação de agentes nocivos.

Com a evolução dos estudos, acredita-se que existam trilhões de microrganismos na flora intestinal, sendo responsáveis por dois quilos de todo o peso corporal de um indivíduo. Ademais, o perfil da microbiota é definido até os primeiros dois anos de vida.

O que altera a composição da flora intestinal?

A flora intestinal é diretamente influenciada pelas nossas ações, principalmente aquelas relacionadas ao estilo de vida. Neste sentido, o consumo de alimentos processados, industrializados, alergênicos e embutidos causa grande impacto no tipo de microrganismos presentes no intestino.

Ainda, o mesmo ocorre em função de uma alimentação rica em gorduras saturadas, sal, açúcar e carboidratos simples. Ademais, o fumo, estresse, depressão e uso de medicamentos também pode causar uma redução no número de bactérias boas, favorecendo a proliferação de microrganismos causadores de doenças.

O que é disbiose?

Trata-se de uma condição decorrente do desequilíbrio entre bactérias protetoras e patogênicas no trato gastrointestinal, causando efeitos nocivos ao corpo, como, por exemplo, constipação ou diarreia.

Entretanto, a disbiose também pode levar a quadros mais complexos, como o aumento da absorção de substâncias tóxicas que estimulam o sistema imunológico de maneira desordenada.

Dessa forma, o paciente passa a ter mais facilidade para ganhar peso, se estressa com mais frequência, se sente mais cansado e pode lidar com urticária e acne. Além disso, pode afetar a saúde da pele, cabelo e unhas e provocar outros sintomas extraintestinais.

Enfim, o desequilíbrio da flora intestinal pode causar diversas manifestações pelo corpo, afetando a qualidade de vida do indivíduo. Por isso, é necessário evitar comportamentos nocivos à saúde.

Então, se você quer manter o equilíbrio da sua microbiota intestinal, adote um estilo de vida saudável, com a prática de atividades físicas, alimentação equilibrada e evitando a automedicação.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp