cirurgia bariátrica

Cirurgia bariátrica pode ser feita em adolescentes?

A cirurgia bariátrica é conhecida por modificar a vida de uma série de pessoas, embora não seja indicada para todos os indivíduos.

Existe muita dúvida sobre quem é elegível para este tipo de procedimento. Dentre as questões mais frequentes está a seguinte: é possível que adolescentes passem por esta intervenção cirúrgica? Sob quais circunstâncias?

Se este assunto lhe causa inquietação, fique atento: nos próximos parágrafos, falaremos um pouco mais sobre a cirurgia bariátrica em si e sobre a relação entre pacientes jovens e a obesidade. Confira.

Como é a cirurgia bariátrica?

De forma bastante sintética, esta é uma cirurgia voltada para a diminuição do estômago do paciente. São utilizadas técnicas avançadas para facilitar o processo de emagrecimento, combater quadros de obesidade e de doenças associadas a ela.

Este tipo de intervenção, embora muito efetiva, não deve ser feita sem rigorosa avaliação médica. 

Para começar, são elegíveis apenas os indivíduos com índice de massa corporal (IMC) maior ou igual a 40, ou IMC entre 35 e 40 com pelo menos dois problemas relacionados à obesidade, como o diabetes e hipertensão.

Realidade Brasileira

Embora chocantes, estes dados servem para que reafirmemos a importância da prática de atividade física e da alimentação saudável no dia a dia.

De acordo com estudo da Federação Mundial de Obesidade, o número de crianças e adolescentes, entre 5 e 17 anos, acima do peso recomendado, alcançará 268 milhões em cerca de dez anos.

Dentre estes indivíduos, cerca de 91 milhões serão obesos, com riscos altos de hipertensão, gordura no fígado e até mesmo Diabetes tipo 2, doença que acometia pessoas sedentárias e de idade bem mais avançada.

Os dados brasileiros também causam incômodo, especialmente porque nos deparamos com uma realidade complexa, em que a obesidade e a desnutrição fazem parte de duas vias divergentes no país: a falta de acesso a alimentos nutritivos e o excesso, bem como o acesso facilitado e mais barato, a alimentos ultraprocessados.

No Brasil, 36% das meninas está acima do peso, ou enfrentam um quadro de obesidade. De acordo com o Ministério da Saúde, 20% das crianças brasileiras podem estar obesas.

Adolescentes são elegíveis para a cirurgia bariátrica?

Sim. No entanto, somente a partir dos 16 anos de idade. Além disso, a bariátrica é uma opção quando alternativas conservadoras não surtem efeito, como mudanças no estilo de vida e na alimentação.

Para essa faixa etária, a gastrectomia vertical, que é realizada por videolaparoscopia, é a técnica mais utilizada, quando é preciso submeter um adolescente à cirurgia de redução de estômago.

O preparo para o procedimento, neste caso específico, deve envolver a presença de equipe multidisciplinar, auxílio psicológico ao paciente e familiares, além da observação do caso clínico.

De acordo com a resolução 2.131/2015 do Conselho Federal de Medicina (CFM), a cirurgia só pode ser realizada em adolescentes que apresentarem a consolidação das cartilagens nas epífises de crescimento dos punhos. Essa condição é avaliada por meio de exame de raio-x.

O exame é o que irá comprovar o desenvolvimento ósseo do adolescente, para que a cirurgia bariátrica não cause a carência nutricional, problemas de crescimento e afins.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

Comentários
Avatar

Posted by Dr. Diego Paim