estômago

4 doenças que acometem o estômago

O estômago é o órgão responsável por preparar os alimentos para posterior digestão no intestino delgado. Existem diferentes doenças que podem acometer esse órgão, provocando desconforto e dores estomacais.

Você sabe quais são essas patologias? Caso não, continue a leitura deste post. A seguir, listaremos aquelas que ocorrem com maior frequência.

1) Gastrite

Trata-se de uma inflamação, infecção ou erosão da mucosa do estômago que pode ser provocada por diferentes fatores, tais como, bactéria Helicobacter pylori, uso contínuo de anti-inflamatórios não esteroides, consumo de drogas ou abuso de álcool.

Ainda, a gastrite também pode ser causada por situações que estressam o organismo, como cirurgias, queimaduras e fraturas. Ademais, a doença pode ser aguda ou crônica, podendo permanecer por meses ou até anos.

Por fim, entre os sintomas mais característicos estão a dor na parte superior do abdômen, sensação de empachamento ou de queimação, náuseas, vômitos e perda de apetite. Em alguns casos, também pode haver presença de sangue nas fezes ou nos vômitos.

2) Úlcera péptica

As úlceras são feridas que surgem em diferentes partes do organismo. Quando acomete o estômago, são chamadas de úlceras pépticas. Entre as principais causas estão o histórico familiar, o contágio pela bactéria H. pylori, uso de ácido acetilsalicílico ou de anti-inflamatórios e o estresse.

Outrossim, essas úlceras costumam provocar sensação de dor ou de queimação entre o esterno e o umbigo, dor à noite após a ingestão de alimentos ou antiácidos, vômitos e/ou fezes com presença de sangue.

Ademais, o tratamento das úlceras pépticas variam de acordo com a causa. Entre as principais alternativas estão o uso de antibióticos prescritos pelo médico e diminuição da acidez estomacal.

3) Câncer de estômago

O câncer gástrico, como é chamado, se caracteriza pela presença de tumores malignos no interior do estômago. Essa doença pode se manifestar de três formas: adenocarcinoma, linoma e leiomiossarcoma.

Ainda não são conhecidas as causas para o desenvolvimento dessa patologia. No entanto, existem indícios de que esteja relacionada com a infecção pela H. pylori, dietas ricas em sal, alimentos em conserva ou defumados.

Ademais, o câncer de estômago não provoca sintomas específicos, mas sinais semelhantes de doenças gástricas, tais como, fadiga, perda de peso sem causa aparente, azia grave e crônica, vômitos persistentes, dor estomacal e indigestão.

4) Doença do refluxo gastroesofágico

Trata-se do retorno involuntário e repetitivo do conteúdo estomacal para o esôfago. Porém, como o tecido deste último não possui a proteção adequada para essa acidez, passa a sofrer agressões contínuas, afetando o seu funcionamento.

Ainda, o retorno desse conteúdo ocorre por causa de um problema na válvula que se abre para dar passagem aos alimentos e se fecha imediatamente após, impedindo que o suco gástrico chegue ao esôfago.

Por fim, entre os principais fatores de risco para a doença do refluxo gastroesofágico estão a obesidade, aumento da pressão intra-abdominal, ingestão excessiva de comidas ácidas, bebidas alcoólicas e alimentos com cafeína, e hábito de comer em grandes quantidades antes de dormir.

Portanto, com a leitura deste post, você conheceu algumas das doenças que acometem o estômago com maior frequência. Então, ao primeiro sinal de um desses problemas, procure o seu médico para ser avaliado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp