intestino

4 doenças mais comuns que ocorrem no intestino

Assim como outros órgãos do corpo, nosso intestino também está exposto a diferentes tipos de doenças que prejudicam o seu funcionamento, comprometem o dia-a-dia do paciente e afetam a rotina de idas ao banheiro.

Neste post, você vai conhecer os principais aspectos referentes às doenças intestinais mais comuns. Então, se você tem interesse no tema, recomendamos a leitura deste texto.

1) Doença de Crohn

Trata-se de um tipo de doença inflamatória intestinal (DII) que acomete a parte inferior do intestino delgado, grosso ou de ambos. Além disso, pode acometer qualquer outro órgão do sistema digestivo.

Ademais, a doença de Crohn é um quadro crônico que costuma ocorrer em pessoas na faixa etária de 20 a 30 anos. Por ser uma doença silenciosa, há uma grande dificuldade em diagnosticá-la precocemente.

Quando está em estágio avançado, pode provocar os seguintes sintomas: febre, emagrecimento, dor abdominal, náusea, anemia, vômitos intermitentes, diarreia, cólica, obstrução intestinal e até sangramento retal.

2) Síndrome do intestino irritável

A síndrome do intestino irritável (SII) é uma condição que abrange uma grande diversidade de sintomas, sem a presença de quaisquer lesões no intestino delgado ou grosso. Ainda não existe uma causa conhecida para essa síndrome.

No entanto, existem fatores que podem aumentar a suscetibilidade de uma pessoa para desenvolver a SII, tais como, infecções subjacentes, alterações na microflora intestinal, doenças inflamatórias intestinais, alterações no sistema nervoso e contrações musculares de força anormal no intestino.

Ainda, pacientes com a síndrome do intestino irritável costumam apresentar dor abdominal do tipo cólica, distensão abdominal, aumento na quantidade de evacuações diárias e constipação intercalada com períoodos de diarreia.

3) Retocolite ulcerativa

Trata-se de uma inflamação que acomete a parte mais superficial do intestino grosso, podendo ou não causar ulceração na região. A depender da região afetada, a retocolite ulcerativa pode ganhar outras nomenclaturas.

Ainda, a retocolite é um tipo de DII e possui sintomas semelhantes aos provocados pela Doença de Crohn, como, por exemplo, diarreia intensa com sangue nas fezes, fortes cólicas, febre alta e peritonite. 

Em quadros graves, o paciente pode apresentar hemorragia, artrite, inflamações nos olhos, colite fulminante ou até desenvolver câncer de cólon. Embora não tenha uma causa conhecida, a retocolite ulcerativa está relacionada com fatores genéticos, tabagismo ou com uma reação exarcebada do sistema imunológico.

4) Obstipação

Trata-se de uma condição que se caracteriza pela dificuldade em evacuar, provocando distensão, dor abdominal e desconforto. Apesar de não ser uma doença, a obstipação pode ser o sintoma inicial de um quadro mais grave.

Ademais, a dificuldade em evacuar costuma estar relacionada com a dificuldade de condução do bolo fecal em seu trajeto em direção ao reto. Essa situação pode ser ocasionada pelo sedentarismo, alimentação pobre em fibras ou desidratação.

Ainda, o tratamento da obstipação consiste no aumento da ingestão de fibras vegetais, cereais integrais, no aumento do consumo de água e na prática de exercícios físicos. Desse modo, o intestino tende a retomar o seu funcionamento.

Portanto, como você pode perceber, os intestinos grosso e delgado podem ser acometidos por diferentes tipos de patologias. Por isso, para evitar essas condições, é essencial manter um estilo de vida saudável.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp